Para sempre Alice



A Dra. Alice Howland (Julianne Moore) é uma renomada professora de linguistica. Aos poucos, ela começa a esquecer certas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer. A doença coloca em prova a a força de sua família. Enquanto a relação de Alice com o marido, John (Alec Baldwinse), fragiliza, ela e a filha caçula, Lydia (Kristen Stewart), se aproximam.

Para o segundo filme do Projeto 24 filmes desse mês, escolhi o tema "mulheres". Eu coloquei esse filme na minha lista do Netflix depois de ver um post sobre ele em um dos blogs que acompanho (que acabei esquecendo qual é).
Eu sou formada em Letras e só pela protagonista ser uma doutora em Linguística, já fiquei curiosa para assistir e, além disso, ele aborda um tema muito sério e familiar para mim, a doença de Alzheimer.  Meu avô teve essa doença nos seus últimos meses de vida e, como ele morava comigo, acompanhei de perto a evolução que, no caso dele, foi super rápida. Só quem tem alguém próximo que sofre ou sofreu com Alzheimer sabe o quanto é difícil ver seu ente querido se esquecer de tudo e, no final, até das pessoas mais próximas.
É um filme emocionante e triste como vocês já devem ter percebido, mas ao mesmo tempo, passa uma mensagem muito bonita. A atriz principal, Julianne Moore ganhou o Oscar de melhor atriz por esse filme e foi merecido, sua atuação foi brilhante.

15 comentários:

  1. Nunca assisti e nem li. Quero muito assistir
    Beijos!

    http://dearitgirl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Não assisti ainda, mas fiquei interessada! Parece um filme muito bom.
    beijo
    www.tatices.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, assisti a esse filme é mesmo triste e emocionante! Mas é lindo <3

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Bianca!
    É um filme que acabou comigo. Chorei horrores, mas é muito bonita a história.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Acabei de adicionar na minha lista do Netflix. Já tinha aparecido várias vezes como sugestão para eu assistir, mas nunca tinha lido a sinopse. Mas depois desse seu post me interessei, vou ver em breve!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  6. Eu estou fugindo um pouco deste filme porque já sei que deve ter uma carga emocional muito grande. Mas lendo sua resenha agora, fiquei com mais vontade de assistir. Vou deixar na lista do Netflix, assim não esqueço. ;)

    Beijinhos.

    http://true-luv.com/inolvidable/

    ResponderExcluir
  7. oi, oi.

    eu ainda não vi o filme, mas já li o livro. pela história emocionante, eu indicaria. mas, não é um dos melhores. a narrativa do livro é bem chatinha. =/ vou já colocar no Listography esse filme...

    bjs!
    Não me venha com desculpas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem sabia que ele era inspirado em um livro, que pena que o livro não é tão bom :(

      Excluir
  8. Gosto de histórias com esse peso de drama. Sem dúvidas adoraria ler este livro, faz meu estilo
    Beijinhos
    blogueirasara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não li o livro, só assisti ao filme então não sei dizer se o livro tão bom quanto o filme ou se é diferente.

      Excluir
  9. Oi Bianca,
    Lembro quando a Julianne ganhou o Oscar e fiquei muito curiosa para ver o filme, mas não tive oportunidade até agora. Mais em breve vou pegá-lo para assistir.
    Te indiquei em uma Tag lá no meu blog.Espero que goste!
    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela indicação, vou anotar aqui e responderei em breve! :)

      Excluir
  10. Lembro que na época do Oscar fiquei super curiosa pra assistir ao filme, depois acabei esquecendo! E olha que ainda adicionei à minha lista do Netflix, haha, mas minha cabeça voa quando o assunto é filme, só me lembro daqueles que fico ansiosa pra assistir. Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi Bianca,
    Ainda tenho que assistir esse filme, adoro a Julianne.
    Fora o tema, bem importante e atrativo.
    Essa doença me deixa dá uma dor enorme só de pensar, apesar de na minha família não ter tido nenhum caso.

    P.S.: Ah que bacana que você conheceu seu noivo na net. Relacionamento amoroso, foge de mim até na internet hahahaha

    tenha uma ótima semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  12. Não sei porque não fiquei interessada em assisti ao filme, embora eu tenha lido muitos comentários positivos sobre ele. Acho que fiquei com medo de ser carregado no drama, estou fugindo de filmes assim. Mas mesmo se tratando de um tema densa, deve deixar um boa mensagem.
    Beijos,
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Comentários sobre o post são sempre bem-vindos, mas comentários do tipo "Legal, passa no meu blog" serão ignorados.
Nem sempre respondo os comentários aqui, mas se seu comentário foi sobre o post, com certeza irei responder no seu blog.