O livro do amanhã



Nascida no luxo, Tamara Goodwin, de 16 anos, nunca precisou olhar para o amanhã, até que a morte abrupta de seu pai deixa a ela e a sua mãe uma montanha de dívidas e as obriga a se mudarem para a casa dos tios de Tamara, em um vilarejo no interior. Solitária e entediada, a única diversão de Tamara é uma biblioteca itinerante. E ali, ela encontra um livro muito misterioso.
Tamara vê inscrições com sua própria letra e datadas para o dia seguinte. Quando tudo acontece exatamente como o livro previa, ela percebe que pode ter encontrado a solução para seus problemas. No entanto, Tamara descobre que é melhor não virar algumas páginas e que, apesar de muito tentar, não pode mudar o destino.

Como deve ter dado para perceber, estou em uma maratona de livros da Cecelia Ahern. Depois de A Lista,  foi a vez de O Livro do Amanhã.
Apesar de a personagem principal do livro ter só 16 anos, não achei o livro com uma temática adolescente, Tamara me pareceu muito madura para sua idade e isso fez com que o livro ganhasse pontos para mim, pois não tenho muita paciência para livros adolescentes.
Tamara sempre viveu em Dublin, estava acostumada a ter tudo o que quisesse e não se importava com os sentimentos das pessoas. Depois que seu pai cometeu suicídio, ela e sua mãe descobriram que ele estava endividado e que perderiam tudo o que tinham.  Elas se viram sem opção e acabaram tendo que viver com Arthur, tio de Tamara e Rosaleen, sua esposa, no interior da Irlanda.
Ao chegar lá, Tamara acha tudo muito misterioso, tanto o castelo antigo que fica ao lado da casa de seus tios e tem uma história misteriosa que ninguém conta totalmente a ela, quanto Rosaleen, que não a deixa sozinha por um minuto e sempre foge de suas perguntas.
Além de enfrentar todas essas mudanças, a mãe de Tamara entra em depressão, não sai do quarto e nem conversa com ninguém durante todo o dia e isso faz com que a menina se sinta mais sozinha.
Um dia um rapaz toca a campainha da casa de seus tios e, aproveitando que Rosaleen tinha saído, Tamara atende a porta. O rapaz trabalhava em uma biblioteca itinerante que funcionava dentro de um ônibus e é lá que Tamara encontra algo que parece ser um diário trancado. Ela leva o livro pra casa e resolve começar a escrever sobre seus dias nele, até que se surpreende ao ver que, à noite, tudo o que ela escrevia era apagado e substituído por acontecimentos do dia seguinte.
Não posso contar muito sobre o que acontece depois disso, mas o diário vai fazendo revelações a Tamara sobre as pessoas com quem ela convive e o novo lugar onde ela está vivendo.
As informações são reveladas aos poucos o que fez com que eu ficasse ansiosa para ler cada vez mais e descobrir todos os mistérios.
Sou suspeita para falar sobre os livros da Cecelia porque, até agora, gostei de todos os que li, mas esse, com certeza entrou para os meus favoritos.

5 comentários:

  1. Nunca ouvi falar de uma temática assim! Parece ser bem curioso! E já ouvi falar dessa autora, ando querendo ler alguma coisa dela! Talvez eu comece por ele, pois me interessei. Além do mais se passa na Irlanda <3
    Beijoss

    http://apaixonadaporfinaisfelizes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ah meu Deus, não conhecia o livro, mas fiquei mais que interessada! A história parece ser o máximo, vou colocar na minha lista com certeza ^^
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha fiquei curiosa bjim(: borboletando-emtudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi... Já li esse livro e adorei... às vezes, sem qualquer razão, me pego pensando nele. Adorei o mistério da família da Tamara. Infelizmente foi o único livro da Cecelia que eu li mas já tenho outros dela na minha listinha...
    bju
    http://reticenciasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Flor, boa noite!!!!Gostei bastante do livro, eu não conhecia, mas parece ser bem tenso né, pela situação que ela passa.
    Beijos
    www.segredosdaadri.com.br

    ResponderExcluir

Comentários sobre o post são sempre bem-vindos, mas comentários do tipo "Legal, passa no meu blog" serão ignorados.
Nem sempre respondo os comentários aqui, mas se seu comentário foi sobre o post, com certeza irei responder no seu blog.