Primeiras impressões: Dez coisas que aprendi sobre o amor



O livro de estreia de Sarah Butler é considerado por alguns como uma “verdadeira homenagem a cidade de Londres” e até mesmo “poema em prosa sobre os laços de afeto”. O livro foi indicado pela Oprah Winfrey e a escritora Vanessa Diffenbaugh, do livro A Linguagem das Flores, fala que o livro é essencial para aqueles que “se perguntam onde eles pertencem e a quem pertencem”.

A história fala sobre duas pessoas completamente diferentes e, ao mesmo tempo, que complementam-se: Daniel, um mendigo que lista diariamente os desejos e o que gostaria de falar para sua filha, que ele nunca conheceu; e Alice, que não se sente à vontade entre a família que a cerca e também tem a sua lista, de coisas que a tornam feliz ou triste. O que eles tem em comum, devem estar me perguntando? O amor, é claro, esse sentimento que se torna um dos personagens principais, presente em toda a história.

Recebi da Editora Novo Conceito uma degustação do livro e vim aqui trazer as minhas primeiras impressões sobre ele.

O livro é narrado por duas pessoas, Alice e um homem de 60 anos que, pela sinopse, eu deduzi ser o Daniel. Cada um narra um capítulo e, no começo de cada um, encontramos uma lista de dez coisas importantes para os personagens.
Assim que comecei a ler, fiquei um pouco confusa porque a divisão de um capítulo para cada personagem não é muito clara, mas depois de um tempo, consegui identificar claramente quem narra cada parte.
Fiquei muito curiosa para saber mais sobre a história dos dois personagens e como suas histórias se encontram (tenho um palpite, mas não sei se posso falar sobre ele).

Entrando no clima do livro, fiz uma lista sobre as dez coisas que eu sei sobre o amor para compartilhar com vocês.


  1. O amor é paciente.
  2. O amor é o sentimento mais lindo que existe.
  3. Não precisamos estar perto para amar alguém.
  4. É impossível descrever o amor com palavras.
  5. Existem várias formas de amor e todas elas são lindas.
  6. Quem ama de verdade, aceita o outro como ele é.
  7. Ninguém vive sem amor, existe pelo menos uma pessoa que você ama de verdade na sua vida.
  8. Sem perdão, não há amor.
  9. O amor é a melhor religião que existe.
  10. Nunca devemos desistir do amor.
E vocês, o que sabem sobre o amor? O que acharam da história?


6 comentários:

  1. Adorei essa capa da NC. Já quero ler, ainda mais por essa sinopse.

    Um beijo
    http://sobaluzdalua.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. A melhor ilustração do amor é um casal visualmente brigado, mas um preocupado pelo outro.

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito das suas primeiras impressões sobre o livro, fiquei com vontade de ler quando o mesmo for lançado.
    http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Gostei da história do livro! Acho que o amor é aquele sentimento em que faz com que a gente se preocupe verdadeiramente com a pessoa. É também pensar na pessoa e não só em si próprio. Enfim, gostei! Quero ler agora.

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ai o livro parece ser ótimo!
    Com toda certeza eu vou querer ler <3

    Beijos,
    rodoviadezenove.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Só pelo título fiquei com vontade de lê, acredita? Adorei a sua impressão e já está na minha wishlist! Um beijo!
    www.stehml.com

    ResponderExcluir

Comentários sobre o post são sempre bem-vindos, mas comentários do tipo "Legal, passa no meu blog" serão ignorados.
Nem sempre respondo os comentários aqui, mas se seu comentário foi sobre o post, com certeza irei responder no seu blog.