A Última Música



Aos dezessete anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virada de cabeça para baixo, quando seus pais se divorciaram e seu pai decide ir morar na praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que seria melhor para os filhos passarem as férias de verão com ele na Carolina do Norte. O pai de Ronnie, ex-pianista, vive uma vida tranquila na cidade costeira, absorto na criação de uma obra de arte que será a peça central da igreja local. Ressentida e revoltada, Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de aproximação dele e ameaça voltar para Nova York antes do verão acabar. É quando Ronnie conhece Will, o garoto mais popular da cidade, e conforme vai baixando a guarda começa a apaixonar-se profundamente por ele, abrindo-se para uma nova experiência que lhe proporcionará uma imensa felicidade – e dor – jamais sentida. Uma história inesquecível de amor, carinho e compreensão – o primeiro amor, o amadurecimento, a relação entre pais e filhos, o recomeço e o perdão – A ÚLTIMA MÚSICA demonstra, como só Nicholas Sparks consegue, as várias maneiras que o amor é capaz de partir e curar seu coração. 
Eu já li alguns livros do Nicholas Sparks e acho, que depois desse, vou dar um tempo nos livros dele. Não é que esse livro seja ruim, a história é até bonita, mas é previsível demais. Nos primeiros capítulos já dá pra ter uma ideia de como o livro irá terminar e não acho isso legal, gosto de livros que me surpreendam. Além disso, achei o livro bem adolescente, parecia que estava assistindo a um filme da Sessão da Tarde (depois que comecei a ler, vi que realmente esse livro virou um filme e pode até ser que já tenha passado na Sessão da Tarde mesmo).
E vocês, já leram esse livro? O que acharam dele?

4 comentários:

  1. Já li .É absolutamente,arrebatador.Parabéns pela indicação

    Foi muito por ter encontrado seu blog ao qual voltarei sempre!

    Também, estou lhe convidando para conhecer dois dos meus,no primeiro a temática é o amor.
    Amor que transcende,enaltece, valoriza e encanta a vida de cada um de nós.

    E no HUMOR EM TEXTOS, quem sabe rir um pouco, pois afinal ninguém é de ferro!

    Nesta sociedade de violências e agressividades explícitas e indesejáveis, o amor ainda encontra no coração daqueles que insistem na felicidade como objetivo,um lugar de extrema beleza e sensibilidade existencial eo humor uma boa razão para continuar a ser feliz.

    Confira: e ficaria honrado com sua presença e quem sabe seguir-me:

    FALANDO SÉRIO.
    http://ptamburro.blogspot.com.br/

    HUMOR EM TEXTOS
    http://paulotamburro.blogspot.com.br/


    E se quiser conhecer todos os meus blogs, basta clicar, no meu nome, neste comentário, lá em cima ao lado da chave que espero lhe abra todas as portas.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  2. Oi Bianca!
    Ainda não li... mas acho que já vi anúncios do filme...
    Agora, com a sua resenha, com certeza não o colocarei na minha lista infindável de títulos. Gosto de estórias com mais significados e esses são bem vindos, entre uma leitura e outra, mas não quando se tem muito pra ler.
    Abração esmagador e lindo dia.

    ResponderExcluir
  3. Nunca li, mas vi uns filmes dele... Até zoando o proprio livro dele... :P

    ResponderExcluir
  4. Esse eu nunca li mas já li um momento inesquecivel que é mesmo inesquecivel,super adorei ler esse livro!! Li tambem à primeira vista que tambem super recomendo. O unico livro que não gostei dele foi uma escolha por amor. Eu acho que tu comentaste em todas as sinopses de livros que eu fiz no blogue,portanto deves perfeitamente saber a minha opinião. Tenho mais dois livros dele cá em casa para ler que são as palavras que nunca te direi e tambem o diario da nossa paixão,estou super ansiosa pelas leituras. Beijinhos!! mundomusicaldacarolina.blogspot.pt

    ResponderExcluir

Comentários sobre o post são sempre bem-vindos, mas comentários do tipo "Legal, passa no meu blog" serão ignorados.
Nem sempre respondo os comentários aqui, mas se seu comentário foi sobre o post, com certeza irei responder no seu blog.