A Assinatura de Todas as Coisas



Alma Whittaker nasceu na virada dos anos 1800, nos Estados Unidos, filha de um ambicioso botânico que construiu por conta própria uma das maiores fortunas da Filadélfia. Curiosa desde criança, e instruída com rigor pela mãe holandesa, ela aos poucos abraça a mesma devoção do pai e, sozinha, se dedica ao estudo das ciências naturais. Mas algo falta em sua vida. Desiludida no amor, reservada e solitária, Alma conhece um jovem sonhador, exímio desenhista de orquídeas que, assim como ela, é fascinado pelo mundo ao seu redor. Esse é o início de uma intricada e trágica relação, que a levará até os confins da Terra para descobrir não apenas algo sobre ele, mas sobre sua própria natureza. A partir de uma pesquisa minuciosa, e com uma escrita fluente e cativante, Elizabeth Gilbert desfila personagens inesquecíveis: missionários, abolicionistas e aventureiros; gênios e loucos, sonhadores e excêntricos. Ao transportar o leitor para outra época e outras culturas, ela o faz descobrir, assim como Alma, os segredos que a aguardam nos confins desse mundo inexplorado.

No início eu não gostei muito desse livro, esperava que a história fosse do mesmo tipo que "Comer, Rezar e Amar" e "Comprometida", outros dois livros que li da Elizabeth Gilbert. Os primeiros capítulos dele são bem narrativos e com muitos elementos sobre Botânica e História e, para mim, a leitura ficou um pouco chata. Depois a história toma forma e fica interessante, a vida da personagem principal toma caminhos inesperados e fiquei curiosa para saber o que aconteceria em seguida, não conseguia parar de ler.
Só não dei cinco estrelas para esse livro por causa do começo meio chatinho, mas é uma leitura que vale a pena.

2 comentários:

  1. OLá BIanca!
    Quando eu vi a fotinha com o nome da autora, vim logo correndo ver do que se tratava, pois sou grande admiradora desta autora. Pela capa parece muito sugestiva a leitura e agora queu você deu sua nota fiquei mais interessada ainda.
    Também estou mostrando um belo livro lá no meu pedaço, passa lá para conhecer.
    beijos cariocas


    ResponderExcluir
  2. Bom saber, eu as vezes começo a ler um livro que tem um início chato e desisto de ler, e depois fico sabendo que ficava bom da metade até o final rs.
    Beijos

    http://diadespa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Comentários sobre o post são sempre bem-vindos, mas comentários do tipo "Legal, passa no meu blog" serão ignorados.
Nem sempre respondo os comentários aqui, mas se seu comentário foi sobre o post, com certeza irei responder no seu blog.