O Pequeno Príncipe

A história começa quando o personagem principal fala sobre um desenho que ele fez quando tinha 6 anos de idade e que tratava de uma jiboia que engoliu um elefante, mas todos os adultos acharam que o garoto havia desenhado um chapéu. O personagem principal renunciou ao 6 anos de idade a carreira de ser pintor, e se tornou piloto. E voando, teve uma pane no seu avião no "Deserto do Saara". Tentando consertar seu avião, adormece... E é acordado por um menino que o autor define que tem "cabelos de ouro" e que lhe pede para desenhar um carneiro.
Conforme a história passa o personagem descobre que o menino vive no asteróide B 612, e que só tem uma rosa que fala com ele, e que tem três vulcões (um deles está extinto), e que o principezinho assiste quarenta e três pôr-do-sol para se divertir ou quando está triste.
O autor conta a um pouco da história dele, a história de como o principezinho havia chegado ao Deserto do Saara, fala de como são as crianças e de como são as pessoas grandes; E envolve o leitor em mais um mistério no capítulo XXVII: Que fala que o carneiro que desenhou para o principezinho poderia comer a sua flor.

 Geralmente as pessoas associam esse livro a crianças porque ele foi escrito para ser um livro infantil, mas eu acredito que todo adulto deva lê-lo. A história é tão linda e emocionante, nos faz ver o mundo com os olhos das crianças e perceber que muitas vezes, são os adultos que complicam tudo. Indico essa leitura para quem tem filhos pequenos, o livro é cheio de desenhos e isso faz com que ele seja mais atrativo ainda para as crianças. Além do mais, o livro é bem fininho, só tem 96 páginas então não é uma leitura demorada. Tenho certeza de que a família toda vai gostar.

5 comentários:

  1. Já li esse livro quando era mais nova e fiquei encantada com a história dele!! É um livro unico e espectacular!! Beijinhos fofinhos!! Bom fim-de-semana!! http://sandrasofiaafonso1.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Acho que o livro não é tão infantil assim! Acho os diálogos do príncipe e a rosa, o príncipe e a raposa de uma profundidade incrível!

    Adoro e acho uma excelente recomendação!

    Beijinhos e até!

    ResponderExcluir
  3. Quando pequena li , este livro mas era muito pequeno,não deve ser
    o mesmo , a história sempre me deixava fascinada.
    bjs
    http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu nã gostei desse livro quando o li, há 8 anos atrás. Preciso o reler, é tão rapidinho, mesmo sendo tão complexo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Bianca! Acho que esse livro é para todas as idades. Acho válido ler também para um bebê que nem entende ainda, mas com certeza vai ficar na memória dele de alguma forma.
    Li a primeira vez em 2008 e fiquei fascinada. Sigo muitas coisinhas na internet sobre Le Petit para sempre relembrar o livro e repassar <3

    Beijinhos!

    ResponderExcluir

Comentários sobre o post são sempre bem-vindos, mas comentários do tipo "Legal, passa no meu blog" serão ignorados.
Nem sempre respondo os comentários aqui, mas se seu comentário foi sobre o post, com certeza irei responder no seu blog.